Diferença Entre Pesquisa Eletrônica de Bens e Certidão de Propriedade

A Pesquisa Eletrônica de Bens e Direitos possibilita a pesquisa de ocorrências de determinado CPF ou CNPJ na base de dados da CRI-MG, com base nos períodos informados pelos cartórios de registro de imóveis, conforme o Provimento 317/2016 TJMG. A finalidade do serviço é encontrar ocorrências em alguma matrícula e/ou registros auxiliares registrados a partir do ano de 1976. É um serviço de conferência, isto é, não gera certidão e o solicitando não tem a opção de salvar o resultado.
É importante ressaltar que a Pesquisa Eletrônica não informa a existência de transcrições, que são os registros anteriores ao ano de 1976.
Por ser uma pesquisa realizada no banco de dados, fica implícita a relativa imprecisão, já que na formação dos cadastros pode constar dados antigos e/ou incompletos.
Caso a Pesquisa apresente resultado positivo, não significa que àquela matrícula e/ou registro seja de propriedade da pessoa pesquisada, mas sim que possui vínculo.

A Certidão de Propriedade tem por finalidade informar a existência de imóveis e/ou direitos reais em nome de determinada pessoa física ou jurídica. Se requerido pela parte, as certidões podem conter quesitos, como por exemplo, a indicação dos imóveis já transmitidos ou a indicação de propriedade de imóveis referente a um edifício ou bairro específico. Pode apresentar resultado positivo, indicando que o pesquisado figura como proprietário de registro ou atende ao quesito solicitado. Ou negativo, comprovando que o pesquisado não possui imóveis registrado em seu nome.